Páginas

Páginas

11/08/2014

RESENHA - Stânix

Hoje estamos trazendo para você a resenha do livro "Stânix" do escritor Eder Traskini, e também fizemos uma entrevista super bacana com ele. 

O livro é muito bem escrito, é uma leitura super rápida, a cada capítulo terminado, você quer logo ler o próximo para saber o que acontece, e assim vai, e quando percebe o livro acaba... Eu gostei bastante da história, ainda mais por que tem ELFOS, eu amo elfos... O escritor conseguiu criar seu mundo mágico, cheio de fantasias que vai te prender do início ao fim. (Eu amei o livro, e super mega indico)



ENTREVISTA

 - O que o motivou escrever o livro?

O que me motivou foram às várias leituras que já fiz. Comecei a escrever por hobbie, nunca tive a intenção de publicar de fato. Comecei a enviar a história para amigos e eles insistiram para que continuasse, assim a obra acabou ganhando corpo e as coisas aconteceram.

- Qual reação pretende causar no leitor? 

Acho que causar. Eu pretendo causar. É muito ruim quando você lê um livro e não sente nada. Acho que cada pessoa interpreta de uma forma diferente e vai sentir algo diferente em cada parte da história. Tanto que já ouvi pessoas que morrem de amores pelo protagonista e pessoas que não gostam, e isso não só com ele, com Farep, Joe e Sora também.

- Se baseou em algo ou alguém na criação do contexto?

Minha inspiração foram todas as histórias medievais que li e/ou vi. O Senhor dos Anéis, Eragon, Deltora Quest são algumas das minhas maiores influências, além disso, ando lendo As Crônicas de Gelo e Fogo mas, tomando bastante cuidado para não começar a escrever da mesma forma que George R.R. Martin (que eu acho um gênio indescritível, mas que tem uma escrita muita carregada)

- Se você pudesse viver em algum "mundo mágico" de um livro qual seria?

Não tenho como responder outro que não no mundo de JK Rowling, foi nele que eu aprendi o prazer da leitura.

- Até que ponto você pretende chegar como escritor?

Ao ponto que algum leitor mande uma mensagem comentando a obra comigo ou pedindo explicações sobre o, porque eu matei algum personagem. Aliás, é um ponto que já cheguei, não pretendo fama ou fortuna, é um mercado muito complicado para isso, apenas quero ser lido e conversar com os leitores sobre minhas obras.

- Se defina em uma frase !!

Não exatamente me define e não exatamente é uma frase, no entanto explica muito do meu pensamento, de que todos e, cada um tem sua fraqueza, mas também sua força.
 "A mente é minha arma. Meu irmão tem a sua espada, O Rei Robert, o seu martelo de guerra, e eu tenho a minha mente... e uma mente necessita de livros da mesma forma que uma espada necessita de uma pedra de amolar se quisermos que se mantenha afiada - Tyrion deu uma palmada na capa de coura do livro - É por isso que leio tanto, Jon Snow.”


SINOPSE: Stânix é um reino medieval que já foi habitado por humanos, anões e elfos. Durante a primeira guerra, liderada pelo tirano Syrt, o reino só foi salvo pela magia e inteligência dos elfos. Porém, a raça foi obrigada a deixar o reino, incitados pela profecia da segunda guerra. Aaron, um dos nascidos sob o sangue do primeiro grande conflito, foi deixado para trás e nem imagina o destino que lhe aguarda. Apenas ele pode salvar o reino. A profecia está dita e Stânix está em suas mãos...


RESENHA: O livro da início ao que parece ser um sonho confuso, que ainda não se há respostas para o seu significado. Aaron é um jovem que sempre se achou estranho perante as outras pessoas ao seu redor, pois tinha orelhas levemente pontudas e seu cabelo era azul, cabelo no qual ele sempre raspava, pois além da sua coloração nada comum seu cabelo crescia em uma velocidade descomunal, tinha olhos azuis-turquesas, no qual chamava muita atenção, suas características não tinha nada em comum com as características dos abitantes daquele lugar. Ele fora abandonado muito jovem por seus pais, ele não sabia qual o motivo do tal abandono, quem cuidou do rapaz foi seus padrinhos, mas ele os tratava carinhosamente como tios. Aaron não tinhas amigos exceto por Sora, pois os outros sempre o olhavam de maneira estranha.

Sora era uma jovem muito bela, que foi destinada a uma missão muito difícil, tal missão essa se casar com o herdeiro de Pant, Joe. Wolt o pai da jovem que teve essa ideia, apesar de não gostar muito, pois essa era a única saída que ele encontrara para, não fazer uma aliança com Pant, mas sim obediência, assim acreditando ser uma forte prova de amizade. E como Aaron era considerado o melhor espadachim ele foi encarregado de leva-la até o outro reino em segurança, Farep um bravo guerreiro decidiu intervir, pois para ele Aaron apesar de ser um ótimo espadachim não passava de um menino. Assim eles iniciariam sua jornada até Pant. 

Por causa de uns imprevistos ocorridos no reino de Dael, após uma tragedia que fora causada por um ataque das tropas de Guil não restando praticamente ninguém tiveram que partir logo, antes que fossem pegos, mas o desespero e a preocupação era tanta que, eles sem perceber foram a caminho da Floresta de Bucham, apesar de ser muito temida tal floresta, era magnífica, eles não poderiam recuar pois, corriam um grande risco de encontrarem com as tropas de Guil. Ao prosseguirem na floresta acabaram percebendo que poderia fazer o sol que fosse do lado de fora, não avia luz alguma que adentrasse a floresta. 

Durante a jornada Aaron descobre que é um poderoso elfo, e que o destino depende dele e de mais outros três elfos. 

Joe que não concordava com as atitudes do pai, resolve fugir e ficar do lado correto da guerra. Aaron, Sora, Farep, Joe e Terek( anão da Facção Terceira Força) prosseguiram a jornada, exceto por Farep, um infeliz contratempo acaba "tirando-o da jogada". Ao chegar na cidade de Caleb, Aaron fará descobertas ainda mais importantes e começará a aprender dominar seus poderes, que até então só quando está a "beira de um ataque de nervos" acontece. Para isso ele contara com a ajuda da belíssima elfa Alíce (dominadora do ar...), só que no decorrer de sua missão o jovem terá de se separar de Sora, para que ele possa ir com Alíce buscar os "Askan" como são conhecidos os tão poderosos dragões, até então acreditavam ser uma lenda, mas pelo visto não são. Enquanto isso Joe e Sora são encarregados de encontrar os outros elfos. 

O livro acaba com o tão maravilhoso descanso dos guerreiros, uma noite sem sonhos que atormentassem o elfo.



* Gostaria de agradecer ao escritor Eder que teve a tão incrível ideia de criar Stânix, e também por me permitir conhecer seu trabalho no qual virei fã, sempre gostei de livros desse gênero, e com a plena convicção ele está na minha lista de favoritos, a cada dia que passa me surpreendo mais com a literatura brasileira, pois eu sempre tive um certo "preconceito" com livros brasileiros, mas me enganei feio, e vi que era só minha imaginação mesmo, venho conhecendo livros nacionais que estão me conquistando pra valer. E espero que possa estar trazendo mais novidades sobre seu trabalho.*

É isso galera, quem ainda não leu corre até a livraria mais próxima da sua casa e compre, ta com preguiça? Compra pela internet mesmo, e seja feliz !



14 comentários:

  1. Adorei, o formato das suas resenhas são únicos Jooy! Parabéns. Gosto bastante(...)

    Beijos,
    http://victor-reads.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá Joy adorei a premissa do livro e o autor parece ser super carismático. Adorei =D vou tentar dar uma conferida no livro ^^

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Joi, verdade o autor é super carismático mesmo, ele foi muito atencioso com o blog, e acho que você irá gostar do livro, bom... Eu amei rs'

      Beijos~

      Excluir
  3. Oie! Já ouvi falar do livro, mas nunca ouvi falar dele!
    Bjs, tem promoção no blog http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/07/promocao-de-aniversario-do-paradise_31.html
    se puder comentar nesse post ajudará muito:
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/08/lancamento-leandro-schulai.html
    Nay =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei teu blog flor, é lindo rs'


      Beijos~

      Excluir
  4. Nunca tinha ouvido falar nesse livro, mas sua resenha ficou impecável
    http://toobege.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adorei o formato da resenha, bem interessante e completo.
    Não tinha ouvido falar do livro ainda, mas ele parece ser bem bacana e achei o autor simpático.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor, o livro é ótimo e o escritor é muuuito simpático mesmo rs'

      Beijos~

      Excluir
  6. Os livros brasileiros conquistam meu coração a cada dia e esses autores são um amor. O Eder é super carismático com seus leitores. Vou começar a leitura de Stanix próxima semana e já deu para eu ter uma enorme base desse mundo de fantasia por trás da capa do livro com essa sua maravilha resenha. Parabéns Joy linda!
    apenasumaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai amar Mari, como você bem sabe o escritor é um amor de pessoa, a literatura brasileira já me conquistou, eu nunca pensei que isso fosse acontecer haha', Boa leitura cat <3

      Beijos~

      Excluir
  7. Adorei a resenha Jooy!!
    Uau quantos seres em um livro só,não?
    Com certeza aparenta ser um livro maravilhoso!!
    Beijos
    EmyLu- Louquinha por Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É incrível, você literalmente entra em um mundo mágico, tem de tudo haha;;

      Beijos

      Excluir