Páginas

Páginas

09/08/2014

RESENHA - Shakespeare e elas

Hoje estamos trazendo para vocês a resenha do livro "Shakespeare e elas" que foi escrito por 3 incríveis escritoras: Lycia Barros, Janaina Vieira e Laura Conrado. Tivemos uma entrevista em conjunto e confesso que amei, o contato foi feito direto com a escritora Janaina que foi super atenciosa com o blog, como costumo dizer com toda a sinceridade ela foi um amorzão de pessoa. Ambas as três escritoras reescreveram perfeitamente os clássicos de Sakespeare trazendo para a nossa sociedade atual, utilizando cenários que conhecemos muito bem. Nos fazendo chorar e dar risada ao mesmo tempo, simplesmente achei genial a ideia que elas tiveram do livro.

Uma das coisas que gostei no livro as escritores vão te apresentar os personagens verdadeiros, e os personagens criados por elas, assim você não se perde. (Tentei fazer uma resenha pequena mas não deu, tive a imensa necessidade de relatar os acontecimentos que mais gostei, e também tentei não soltar muito spoiler). 



SOBRE O LIVRO
A obra clássica do escritor inglês ganha, em Shakespeare e elas, um novo olhar de três diferentes escritoras, que conseguem atualizar o texto, preservando toda a sua dramaticidade.
Na versão da trágica peça Otelo, o mouro de Veneza, feita por Janaina Vieira, Otelo é um importante diretor da GB Engenharia e se apaixona pela estagiária Diana, filha do senador Bernardo, amigo de Túlio, CEO da empresa. Também funcionário na firma, Tiago, desde a faculdade, conhece Otelo, que sempre o ajudou; mas, com a promoção de Carlos a primeiro executivo e assistente da equipe do diretor, cargo a que ansiava, ele começa a manipular as pessoas, criando um jogo de intrigas extremamente destrutivo, tendo o ciúme como elemento principal e, como pano de fundo, o mundo dos negócios.
Na comédia Sonho de uma noite de verão, Laura Conrado conta a história de Sandro e Débora, um casal apaixonado que foge para poder vivenciar seu amor, proibido pelo pai da garota, Emílio. Para isso, passam a noite na floresta próxima ao município de Atenas, na região de Bonito, Mato Grosso do Sul. Dênis, pretendente de Débora, vai atrás deles com Helen, que o ama, iniciando-se uma noite mágica cheia de reviravoltas. Personagens do folclore brasileiro como o Boto, a Iara e o Saci participam dessa fantástica trama.
Lycia Barros é quem adapta a tragédia Romeu e Julieta, talvez a obra mais famosa de Shakespeare. Nela, é retratado o amor proibido de Renan e Juliana, pertencentes, respectivamente, às famílias rivais Carvalho Rodrigues e Queiroz, que disputam o poder em Pouso Alto, Minas Gerais. Nesse contexto de ódio que agita a pacata cidade, o jovem casal se opõe às imposições familiares. Encontrando-se às escondidas, os dois vivem essa grande paixão até conseguir um plano para ficarem juntos.

ENTREVISTA

- O que as levaram escrever o livro juntas?
Esse projeto nasceu a partir de uma ideia da Lycia Barros e nós aceitamos na hora! Quando a Editora Autêntica aprovou o original, foi um momento de grande alegria para nós porque o objetivo é justamente alcançar um público bastante diversificado, desde escolas até o público leitor em geral.
- Qual a motivação?
Tornar conhecidas as obras maravilhosas de William Shakespeare. Nos dias de hoje, fora das universidades, dificilmente as pessoas leem os textos originais porque a linguagem daquela época é muito diferente da que utilizamos atualmente. Além disso, foram escritas em inglês. Por isso, escrevemos adaptações, respeitando fielmente cada trama. O cenário escolhido por nós é o Brasil porque somos escritoras brasileiras e amamos o nosso país, mas os dramas criados por Shakespeare são universais. Sendo assim, embora as histórias se passem em diferentes cidades de diferentes estados, em essência são as mesmas que ele escreveu há 400 anos. Portanto, todos aqueles que lerem o nosso livro poderão conhecer integralmente o conteúdo desses clássicos maravilhosos.
- Pretendem escrever mais livros em conjunto novamente?
Sim, temos a intenção de dar continuidade ao projeto adaptando outros clássicos do Bardo.
- Teve muito desentendimento?
Não, de modo algum! A integração entre nós é perfeita, somos muito parceiras e verdadeiramente companheiras o tempo todo.
Qual reação vocês querem causar nos leitores?
Queremos que os leitores conheçam essas obras de Shakespeare na íntegra por meio da nossas adaptações, pois estamos prestando um serviço da maior importâncias às novas gerações e a todos aqueles que são fãs desse escritor.
- Por que do nome "Shakespeare e elas"?
Porque essa é a essência do livro: Shakespeare nos inspirando — a nós, mulheres e escritoras — a recontar 3 de seus grandes clássicos. O livro é o resultado da inspiração que tivemos a partir de um dos grandes nomes da literatura universal.
- Até que ponto querem chegar com os livros?
A todo o Brasil, em primeiro lugar e depois ao exterior, com certeza!

CONHEÇA AS ESCRITORAS
 Lycia Barros
Lycia Barros atua apaixonadamente como escritora desde o lançamento de seu primeiro romance, em 2010. Uma paixão herdada desde
que cursou Letras na UFRJ. A autora reside com o marido e os filhos em sua cidade natal, Rio de Janeiro. Em 2011, suas obras foram indicadas
para vários prêmios literários no Brasil e, devido a sua popularidade, Lycia foi a apresentadora âncora da primeira edição do evento literário
Codex de Ouro. Atualmente, além de escrever, a autora ministra cursos de escrita para novos autores e dá palestras de escrita para novos autores e sobre
seus livros em todo o Brasil.
Na internet: www.lyciabarros.com

Janaina Vieira
Janaina Vieira é carioca, nascida no bairro de Botafogo. Desde muito jovem começou a escrever poesias, contos e crônicas. Mais tarde decidiu escrever para crianças e jovens e publicou seu primeiro livro em parceria com o escritor Júlio Emílio Braz, grande amigo de longa data. Posteriormente deram continuidade à parceria, publicando novas obras em conjunto. Em sua opinião, escrever é uma das mais belas formas de arte, capaz de levar a sociedade a refletir sobre si mesma, sobre a vida e sobre o mundo onde vivemos.
Foi duas vezes premiada pela UBE-RJ, por obra publicada – Se ele vier... – e por original inédito – Sete contos fantásticos. Em 2012 publicou seu primeiro livro em inglês, If the Baby Comes, pela editora Readworthy, de Nova Deli, na Índia. Em 2015 lançará, também em inglês, pela Readworthy, oito livros infantis com lendas folclóricas do Brasil e a versão em inglês de seu livro de contos, intitulado Seven
Fantastic Tales, pela Canary Books. 
Na internet: www.janainavieira.com

Laura Conrado
Laura Conrado é ganhadora do Prêmio Jovem Brasileiro como  destaque na Literatura em 2012. Seu livro Freud, me tira dessa! foi
considerado o melhor livro nacional do gênero chick-lit segundo o voto popular pelo Destaques Literários 2012. A repercussão do título inspirou
a série Freud, me tira dessa! Teen, cujo primeiro volume é Só gosto de cara errado, e o livro Freud, me segura nessa!
A maneira divertida como consegue abordar temas profundos tem conquistado leitores para a autora em todo o país.
Laura nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, em 1984. É jornalista e pós-graduada em Educação, Criatividade e Tecnologia.

RESENHA: A primeira adaptação abordada no livro é a versão trágica de "Otelo, o mouro de Veneza", a escritora Janaina Vieira usou como cenário Rio de Janeiro, tendo como protagonistas Otelo e Diana (na obra original: Otelo e Desdêmona), foi amor a primeira vista, tão intenso que um não poderia imaginar viver sem o outro, eles tiveram de enfrentar muitas barreiras para conseguirem viver o intenso amor que havia entre o casal. Tiago "amigo" de Otelo, ele se transformou por completo após seu amigo promover Carlos (Cássio), dai em diante ele começa por seu plano em ação, que é se vingar, ele conseguiu manipular a todos com mentiras, causando intrigas. 

Eliane se considerava uma amante para Tiago (Iago e Emília), pois ele nunca aceitou assumir o namoro em público pelo simples fato do emprego que ela tinha. 

Otelo ele era diretor de Marketing Internacional, com muito esforço ele consegui crescer na vida, e sua amada Diana era filha de Bernardo(ele era o senador e na obra original tinha como nome Brabâncio) e era estagiária na empresa, o casal se conheceu em um dos corredores de lá mesmo. Ela não imaginava o cargo importante que exercia dentro daquela empresa, sempre que Otelo fitava a jovem com os olhos seu coração estremecia...

O final não é bem trágico se analisarmos por um lado, mas se vermos de outra forma, podemos enxergar que o casal finalmente conseguiria ficar juntos por toda a eternidade, lado a lado entre as estrelas, pois apesar do ato de Otelo, acreditava-se que ele merecera o perdão, pois fora enganado assim como todos. Se ele tivesse ao menos tentado compreender o conselho de um velho sábio, que até então parecia não fazer sentido tudo poderia ter se resolvido de uma maneira bem diferente, e Tiago poderia ter pago pelo que fez, pois acho que a cadeia é pouco, muito pouco. "Ah, se Otelo tivesse entendido sua mensagem... Se tivesse lhe dado ouvidos, nada daquilo teria acontecido, e eles ainda estaria vivos..." (p. 105)

A segunda  adaptação abordada no livro é a versão da comédia "Sonho de uma noite de verão" a escritora Laura Conrado um dos cenários principais é uma misteriosa floresta onde exitem seres mágicos, como sereias, boto (que ao sair da água vira um belo homem, enorme...), e também o querido Saci. A história tem como personagens principais o jovem casal de apaixonados Sandro e Débora (na obra original: Lisandro e Hérmia) que resolvem fugir pois o pai da jovem não aceitava o namoro dos dois. O boto ao presenciar outro casal de jovens Denis e Helen, ele acabou se comovendo pois, Helen era rejeitada o tempo todo pelo rapaz, e querendo ajudá-la resolve fazer com que fiquem juntos, onde ele com a ajuda do Saci faria uma porção que assim que Denis olhasse para a primeira pessoa iria se apaixonar. Mas, Saci acaba se enganado e coloca a porção nos olhos de Sandro... Ai já pode imaginar a confusão que deu, certo? 

Um dos personagens que me encantei foi por Bira ele era o tipo de cara convencido e ao mesmo tempo muito engraçado, que por sua vez Iara a sereia também vítima da malandragem do Saci com o boto acabou enfeitiçada por Bira, mas isso não durou muito (mas ela teve de passar por situações bem constrangedoras, enquanto estava enfeitiçada pelo rapaz que usava cabeça de burro).

Eu queria deixar aqui uma das coisas que Bira falou com Iara que achei muito engraçado, após o boto reverter o feitiço sobre a sereia, ela tentava convencer a Bira que foi tudo um engano... Por fim quando ele desistiu suas ultimas palavras antes de ir embora e deixar a sereia foi: "- Será que a gente pode pelo menos tirar uma foto para eu colocar no facebook?"(p. 149)

Após muita confusão por causa da malandragem do Boto e do Saci, agora lhes restavam tentar ajudar Sandro, pois por causa da confusão Débora acabou ficando furiosa com o jovem, ela acreditava que seu amado gostava de sua melhor amiga (por que enquanto ele estava enfeitiçado, ele fazia juras de amor para sua melhor amiga, e tentava agarra-la, ela acabou presenciando tudo sem poder acreditar no que via).

Resumindo, não teve finais trágicos nessa parte do livro, e após tudo resolvido cada um teve sua recompensa se assim posso dizer.

A terceira e última adaptação do livro é nada mais nada menos do que a tragedia "Romeu e Julieta" onde a escritora Lycia Barros trás para vocês o casal Juliana e Renan (Romeu e Julieta) o jovem rapaz passava por uma desilusão amorosa e com muito custo seu primo Teodoro consegue converse-lo ir a festa que o prefeito dava. Ele era o tipo de cara que não gostava de festa, multidões, ele se sentia invisível no meio de tanta gente, pois pareciam nem reparar em sua presença. Quando ele resolver ir embora começou a ouvir a belíssima voz angelical de Juliana, ficou paralisado, encantado... Assim que a jovem terminou de cantar ele não sabia explicar, mas teve de ir até o encontro da jovem, dai logo o amor surgiu, ambos não sabiam explicar. Era algo intenso, porém suas famílias tinham uma rixa que durava a anos, isso só dificultaria mais o amor dos jovens.

Sabe aquele momento em que a "pessoa errada, na hora errada" aparece? Então, quando finalmente o casal conseguiu se casar, e concretizar o matrimonio com uma noite de amor, Renan saia da casa da jovem para poder arrumar as coisas e fugirem juntos, e paaam !! O irmão da jovem bentinho voltava de uma festa com sua "turma", e paam... Teodoro também aparece, e a confusão só estava por começar. Em um ato de tentar ajudar seu primo Renan acaba matando o irmão de sua amada. 

Outras tragedias estão por vir, como na obra original. "... Já havia muita dor para aquelas famílias. Ao menos ele estava satisfeito com a serenidade apaziguadora, embora sombria, que estava reinando entre eles durante a cerimônia. Uma de suas preces, pelo menos, fora atendida. Confiava que aquele era o início de uma era de paz. Mas a que alto preço..." (p. 248)


10 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Eu li esse livro recentemente e simplesmente adorei, vi algumas pessoas falando que não leriam,que não se interessaram,mas sinceramente,elas não sabem a beldade de leitura que estão perdendo.Eu simplesmente achei essa adaptação divina, ajuda muito os leitores que não gostam de ler clássicos a tomarem coragem de conhecer essas três estórias lindas e contadas de uma forma mais atual.
    Adorei sua resenha.
    Abraço
    ateliedoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor, eu concordo plenamente com você. Eu simplesmente achei fantástica essa adaptação, por que a essência da história original continua. Acho que antes de falarem deveriam ler, por que a obra transmite coisas realmente lindas.

      Beijos~

      Excluir
  2. Joy, amei a entrevista! Queria conhecer melhor este livro amei amei... parabéns...

    http://victor-reads.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, vale muito a pena buscar conhecer a obra;

      Beijos~

      Excluir
  3. Muito boa sua resenha, eu quero muito ler este livro voce me deixou muito curioso.
    faça uma visitinha la no meu blog, te espero
    https://literaturaparaosaber.blogspot.com.br/
    Estou curtindo e seguindo o seu blog. ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada 2x haha', você vai adorar o livro, e pode deixar faço uma visitinha no seu blog sim.

      Beijos~

      Excluir
  4. Olá!
    Adorei a entrevista e a resenha!!Super legal a iniciativa das autora e eu ainda não havia ouvido nada sobre este livro e amei conhecê-lo!
    Beijos
    EmyLu- Louquinha por Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, foi um máximo a atitude que elas tiveram !!

      Beijos~

      Excluir
  5. Que ideia genial esse livro, adoro ler releituras ainda mais de clássicos do gênio shakespeare!! <3
    Beijos,

    Amanda
    Divã Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro, é simplesmente fascinante.


      Beijos~

      Excluir